Onze votaram contra o presidente, dez a favor. A ausência de Adail Carneiro beneficia o Planalto


OPalácio do Planalto já conseguiu os 171 votos necessários para arquivar a denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer (PMDB). A bancada do Ceará na Câmara, composta por 22 deputados, ficou dividida na votação.

Onze deputados votaram a favor da denúncia e contra Michel Temer, ou seja, votaram “Não” ao parecer do deputado Abi-Ackel (PSDB), contrário à admissibilidade da denúncia. Outros dez deputados votaram “Sim”, a favor do Planalto.

No entanto o deputado Adail Carneiro (PP), ausente devido à licença médica, não votou, beneficiando Michel Temer, já que a obrigação de atingir os 342 votos necessários para a denúncia seguir adiante era da oposição.

Confira como votou cada deputado do Ceará:

André Figueiredo (PDT) – Não
Aníbal Gomes (PMDB) – Sim
Ariosto Holanda (PSB) – Não
Cabo Sabino (PR) – Não
Chico Lopes (PCdoB) – Não
Danilo Forte (PSB) – Sim
Domingos Neto (PSD) – Sim
Genecias Noronha (SD) – Sim
Gorete Pereira (PR) – Sim
Zé Airton (PT) – Não
José Guimarães (PT) – Não
Leônidas Cristino (PDT) – Não
Luizianne Lins (PT) – Não
Macedo (PP) – Sim
Moses Rodrigues (PMDB) – Sim
Odorico Monteiro (PSB) – Não
Paulo Henrique Lustosa (PP) – Sim
Ronaldo Martins (PRB) – Não
Raimundo Gomes (PSDB) – ausente
Vaidon Oliveira (DEM) – Sim
Vitor Valim (PMDB) – Não

viral and buzz WordPress theme