Candidato do PT venceu apenas na Região Nordeste

A eleição presidencial deste ano terá uma batalha num segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Ao todo, 98% das urnas foram apuradas. Enquanto o militar soma 46,43% dos votos válidos, o candidato de Lula soma 28,73% da preferência dos eleitores brasileiros.

Haddad, que venceu apenas na Região Nordeste, reduto eleitoral do PT, lutará para conquistar o eleitorado de Ciro Gomes (PDT), terceiro lugar, e demais candidatos. Bolsonaro, que representa o antipetismo e o conservadorismo, deverá lutar para conquistar o Nordeste. Os dois presidenciáveis acumulam uma taxa alta de rejeição.

“Muito provavelmente nós vamos ter uma eleição de segundo turno que vai estar muito mais marcada por elementos negativos —quer dizer, Haddad tentando desconstruir Bolsonaro e Bolsonaro tentando desconstruir Haddad— do que de fato por uma lógica de valores positivos”,comentou o cientista político Creomar de Souza, em entrevista à Reuters.

Mais cedo, Haddad afirmou que deseja ampliar as alianças com outros partidos para uma “construção democrática”. “O momento agora exige que nós estendamos a mão aos brasileiros e brasileiras que, independentemente de partidos, queiram contribuir com a construção do país, na construção democrática do país”, comentou.

Com informações CNews

Curta nossa página no Facebook 👇🏻

https://www.facebook.com/quixeramobimnews.com.br/