Gionnar Coelho Loiola, de 31 anos, morava e trabalhava na cidade de Novo Oriente. Segundo um familiar, ele havia ido à Quiterianópolis para um almoço

Legenda: O dentista Gionnar Coelho Loiola, 32 anos, foi uma das vítimas da chacina de Quiterianópolis.
Foto: Arquivo pessoal

Segundo informações de um irmão da vítima, o jornalista Nathan Loiola, Gionnar morava e trabalhava em um consultório na cidade de Novo Oriente, e havia ido a Quiterianópolis para um almoço.

Segundo testemunhas, as vítimas estavam consumindo bebidas alcoólicas em uma casa quando quatro homens armados entraram no local, pediram para as vítimas ficarem deitadas e efetuaram disparos.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que os seis homens que estavam no local foram atingidos. Cinco deles vieram a óbito. A sexta vítima foi socorrida para uma unidade hospitalar.

A Pasta também informou que reforços da Polícia Civil, da Polícia Militar e uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) foram enviados para auxiliar nas diligências que têm o intuito de capturar os responsáveis pelos crimes. Os quatro suspeitos de cometer o crime fugiram e não foram identificados.

Vítimas da chacina:

  • Irineu Simão do Nascimento, 25 anos
  • José Reinaque Rodrigues de Andrade, 31 anos
  • Etivaldo Silva Gomes, 23 anos
  • Antônio Leonardo Oliveira Silva, 19 anos
  • Gionnar Coelho Loiola, 31 anos


Nossa página no Instagram

https://instagram.com/quixeramobim_news?igshid=1ar0nbn5ej0k7

Nossa página no Youtube
https://www.youtube.com/channel/UCWukWdg6Ycj5yHCXSy1GnJg?view_as=subscriber