Nesta quarta-feira dia 16/01/2018, por volta das 10h45min, a composição da viatura CP 9021,  patrulhava pelo Centro de Quixadá, quando passava na Rua Francisco Enéas de Lima, em frente ao Bar da Vilanir, foi solicitada pelo jovem S. S. DO N., 16 anos, que disse aos policiais que estava trabalhando no Bar da Vilanir quando o acusado identificado como o Sr. P. R. L. F., 58 anos, que estava bebendo no citado bar, começou uma discussão alegando que M. V. I. O. A., 28 anos, teria roubado sua mochila e seu celular, e pegou o celular do jovem S. S. DO N., quando o jovem disse que o celular lhe pertencia, o Sr. P. R. L. F., jogou o celular no chão, vindo a quebrar.

O acusado, a vítima e a proprietária do bar foram conduzidos até a Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá, onde foi lavrado auto de prisão em flagrante delito em consonância com os Artigos 138, 140, 147 e 331, calúnia, ameaça, injúria e desacato, respectivamente, do decreto Lei (2848) do Código Penal.

Curta nossa página no Facebook 👇🏻

https://www.facebook.com/quixeramobimnews.com.br/