A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio de diligências de equipes do 6º Distrito Policial (Messejana), prendeu um homem que aplicava golpes se passando por médico, piloto de avião, socorrista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e até por delegado de Polícia Civil, dependendo da situação. De acordo com as investigações, Wendel Nunes dos Santos (24) atraía as vítimas utilizando um aplicativo para marcar encontros românticos online. Ele mantinha encontro com as pessoas e as convencia a lhe emprestar dinheiro. A prisão do suspeito foi realizada nessa quinta-feira (27), em Messejana, na Área Integrada de Segurança 3 (AIS 3).

Uma das vítimas de Wendel, que desconfiou da conversa do suspeito, foi até a delegacia relatar como conheceu o homem, que se apresentou como delegado de Polícia Civil. Usando outro nome, Wendel ludibriou a vítima a trocar de carro, inclusive levou um veículo para que a vítima fizesse um teste de direção. Após idas e vindas, o depoente cedeu à conversa do golpista e fez diversos pagamentos para concluir a compra do carro. Em umas das transações, Wendel pediu os cartões bancários da vítima e fez diversas compras, saques e transferências para uma conta no nome verdadeiro do golpista.

Diante dos fatos, o depoente registrou um Boletim de Ocorrência, dando início aos trabalhos investigativos, que resultou na prisão dele. De acordo com o titular do 6º DP, Bruno Figueiredo, pelo menos 10 pessoas foram vítimas dos golpes. “É importante que as pessoas que foram vítimas dele compareçam à delegacia para darmos continuidade aos trabalhos investigativos”, alerta o delegado.

 

O suspeito foi preso, na tarde de ontem (27), quando tentava sacar dinheiro em uma agência bancária, em Messejana. Na casa do suspeito, foram apreendidos cartões bancários, uma farda do Samu, um jaleco utilizado por profissionais da área da saúde, estetoscópio, carimbos com dados de médicos, uma pistola de pressão, talões de cheque e receituários médicos. Todo o material foi apresentado no 6º DP. Wendel, que já foi autuado outras duas vezes pelo crime de estelionato, foi autuado em flagrante, mais uma vez, por estelionato e também por falsificação de documento público.

A Polícia Civil orienta as vítimas que reconhecerem o suspeito a se apresentarem na sede do 6º DP, na Rua Padre Pedro Alencar, 1091, bairro Messejana, para registrar um Boletim de Ocorrência. O telefone da unidade é (85) 3101-3533.

Com informações SSPDS

Curta nossa página no Facebook 👇🏻

https://www.facebook.com/quixeramobimnews.com.br/