Ex-campeão anuncia aposentadoria, aos 41 anos

Lyoto Machida (amarelo) acertou chute no segundo round, levando Vitor Belfort (branco) a nocaute
Foi com uma dura derrota que Vitor Belfort se aposentou dos octógonos. Aos 41 anos, o lutador peso-médiolevou um chute no queixo de Lyoto Machida, no início do segundo round, e “apagou” na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro. O golpe foi muito parecido com o que Belfort já havia recebido de Anderson Silva, no UFC 126, em 2011.

Após acordar, Vitor, muito ovacionado, agradeceu o carinho dos fãs e deixou as luvas no centro do tatame, num gesto que sinalizava sua aposentadoria.

Belfort ainda não decidiu o que fará após encerrar a carreira e tem se mostrado aberto a convites, seja dentro do MMA ou na televisão.

“Quero parabenizar o time do Lyoto e agradecer meu time, meus fãs e minha família. Tudo na vida tem começo, meio e fim. E agora é hora de cuidar da minha família“, disse.

Após a luta, Lyoto falou sobre o seu chute. “Eu treinei muito para essa luta, mas não treinei tanto esse chute frontal. Mas quando você está muito bem treinado, muito bem preparado, você consegue enxergar bem a luta e fazer coisas que você nem treinou. Eu sei que foi muito parecido com o chute que dei no Randy Couture, quando ele se aposentou, com a diferença de que o dele foi de direita e esse foi de esquerda, então pode ser que seja a história se repetindo”.

Vitor Belfort se aposenta sendo um dos maiores ícones do esporte, com 26 vitórias, tendo sido campeão do UFC tanto no peso-pesado quanto no meio-pesado.

A luta

Os brasileiros iniciaram a luta se estudando e se respeitando muito, o que proporcionou poucos lances de emoção e irritou o público, que por alguns momentos vaiou a passividade dos atletas.

A torcida, aliás, era quase toda de Vitor Belfort, que lutava em casa, já que nasceu no Rio de Janeiro. Em muitos momentos os torcedores cantaram o nome do lutador para apoiá-lo.

O chute certeiro de Lyoto aconteceu no início do segundo round e pegou na ponta do queixo de Belfort, que já caiu desacordado no octógono. Machida assistiu a queda do compatriota com as mãos na cintura.

Com a vitória, Machida ganhou o público e pediu respeito ao compatriota. “Muito respeito ao nosso Vitor Belfort. Ele fez muito pelo nosso esporte”, disse após a luta. “Não podemos dizer que um é melhor do que o outro. Hoje (sábado) eu fui melhor do que ele e conquistei essa vitória”, completou.

👍🏻Curta nossa página no Facebook 👇🏻

https://www.facebook.com/quixeramobimnews.com.br/