Em setembro do ano passado, este barco, carregado de cigarros contrabandeados, procedente do Pará, encalhou na Praia da Baleia, em Itapipoca, e várias pessoas foram presas em flagrante.

A Polícia Federal desencadeou na manhã desta sexta-feira (6), uma operação simultânea nos estados do Ceará e do Pará para o cumprimento de 14 mandados judiciais de busca e apreensão. Batizada de “Operação Encalhe”, a ação mobiliza 60 agentes federais no combate aos crimes de contrabando e associação criminosa. Uma quadrilha especializada no contrabando de cigarros está sendo investigada desde o ano passado.

De acordo com a Assessoria de Comunicação Social da PF em Fortaleza, a investigação teve início no dia 27 de setembro do ano passado. Naquela data a PF foi avisada do encalhe de uma embarcação no litoral norte cearense, precisamente, na Praia da Baleia, no Município de Itapipoca (a 125Km de Fortaleza). No barco, foi encontrada uma grande quantidade de cigarros contrabandeados do Paraguai.

Na operação que acontece nesta sexta-feira, desde as primeiras horas da manhã, os 60 policiais cumprem nove mandados de busca e apreensão no Ceará e outros cinco no Pará, com o objetivo de recolher “elementos de provas” contra os investigados. O objetivo é definir a participação individual de cada um dos integrantes da quadrilha no delito de contrabando e na associação para o crime. As penas somadas pela prática dos dois delitos podem chegar a 20 anos de reclusão.

Nos acompanhe pelo o Instagram

https://instagram.com/quixeramobim_news?utm_source=ig_profile_share&igshid=pjuhc4khqvfh

Curta nossa página no Facebook

https://www.facebook.com/quixeramobimnews.com.br/