Uma operação ocorrida em pontos distintos da cidade de Quixadá resultou em mais um prejuízo financeiro aos grupos criminosos que atuam no tráfico de drogas no Sertão Central. Francisco Jailson Barros Calixto, 22 anos, foi preso em flagrante com quase 400 gramas de cocaína pura e mais de R$ 2 mil, possivelmente oriundos da atividade ilícita. A ação foi coordenada por policiais civis da Delegacia Regional de Quixadá, na noite dessa quarta-feira (23).

As diligências iniciaram após uma denúncia sobre o armazenamento de substâncias entorpecentes em um imóvel no bairro Renascer. Ainda de acordo com a informação, a propriedade seria de Jailson que já é investigado pela Polícia Civil sob suspeita de envolvimento em crimes previstos na Lei de Drogas. Com o intuito de fechar o cerco contra ele, os policiais civis se dividiram em duas equipes que seguiram até a propriedade apontada como ponto de armazenamento da droga e também para a casa onde Jailson residia no bairro Rodoviária.

No imóvel não habitado, situado no bairro Renascer, os policiais civis encontraram uma espécie de local feito para festas, mas ainda em construção. Por meio de buscas, eles encontraram 340 gramas de cocaína, uma balança de precisão e diversos sacos utilizados para o tráfico de drogas que estavam escondidos em um fundo falso de cerâmica, dentro de um cano de PVC.

Já no bairro Rodoviária, a outra equipe de investigadores abordou Jailson que estava com alguns papelotes de cocaína e dinheiro. Ao ser questionado, ele negou que o imóvel onde a quantidade maior de cocaína foi apreendida fosse seu. No entanto, após uma busca na casa de Jailson, os policiais encontraram um documento de compra e venda que confirmava que o imóvel era de sua propriedade.

Na residência, também foram encontrados R$ 2 mil. O suspeito não apresentou nenhuma informação que comprovasse que a origem do dinheiro seja lícita. Ele foi encaminhado à sede da Delegacia Regional de Quixadá, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. O homem já responde criminalmente pelo mesmo crime e também por receptação.


Nossa página no Instagram

https://instagram.com/quixeramobim_news?igshid=1ar0nbn5ej0k7

Nossa página no Youtube
https://www.youtube.com/channel/UCWukWdg6Ycj5yHCXSy1GnJg?view_as=subscriber