A Polícia Militar prendeu na noite desta terça-feira dia 08/01/2018, três homens suspeitos da autoria de um incêndio criminoso no prédio do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), da prefeitura de Quixadá, no Residencial Rachel de Queiroz. Durante a madrugada os suspeitos teriam arrombado a sala de Cadastro Único de famílias de baixa renda e incendiado o local.

A Polícia Civil chegou a conclusão que os criminosos pularam um muro lateral do prédio situado na Av. Norte/Sul do conjunto habitacional onde residem mais de 1.400 famílias e após arrombarem uma janela roubaram um computador, vários eletroeletrônicos, um ventilador e alimentos diversos que seriam utilizados nas refeições oferecidas gratuitamente pelo CRAS.

Antes de fugir, os três atearam fogo na sala destruindo móveis e o restante dos equipamentos, dentre eles um condicionador de ar e todos os formulários de cadastro de mais de 400 famílias, moradoras do conjunto. Além da Polícia Civil, equipes da Polícia Militar passaram a realizar diligências e localizaram suspeitos, recuperando em poder deles os objetos furtados. Um dos envolvidos mora em frente ao prédio atacado a mando de facções. Os acusados foram presos pelos policiais militares após a realização de um cerco no conjunto residencial e há suspeitas de que dois deles sejam foragidos da Justiça.

Curta nossa página no Facebook 👇🏻

https://www.facebook.com/quixeramobimnews.com.br/