A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Regional de Baturité, com o apoio do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, prendeu, nessa segunda-feira (27), um dos suspeitos de cometer um homicídio qualificado em março deste ano. Ele estava foragido desde então. O crime ocorreu no bairro Conjunto Japão, no município de Capistrano, na Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15) do Estado. O preso estava em posse de drogas durante a ofensiva.

Após investigações sobre a participação de dois indivíduos no homicídio, os policiais localizaram e prenderam, no dia 3 de março, um dos suspeitos do crime, identificado como Leandro de Sousa Costa (29), vulgo “Cabeção”, com passagens por tráfico de drogas e estupro. Ele foi autuado por homicídio qualificado e permanece preso.

Dando continuidade às diligências, a Polícia Civil prendeu, nessa segunda-feira, o segundo partícipe do crime, identificado como Mateus da Silva Pereira (18), vulgo “Mente Fria”, com passagem por ato infracional análogo ao crime de homicídio quando menor. Ele foi capturado em um condomínio no Conjunto Timbó, em Maracanaú, na AIS 12, e os policiais deram cumprimento ao mandado de prisão temporária por homicídio qualificado em desfavor do suspeito. Ele confessou que agiu com Leandro no crime de homicídio.

Durante a ofensiva policial, ele estava na posse de 140 pedras de maconha e oito trouxinhas de cocaína, motivo pelo qual foi lavrado o flagrante por tráfico de drogas. As drogas foram apreendidas pela Polícia. Mateus está à disposição da Justiça.

Nos acompanhe pelo o Instagram

https://instagram.com/quixeramobim_news?utm_source=ig_profile_share&igshid=pjuhc4khqvfh

Curta nossa página no Facebook

https://www.facebook.com/quixeramobimnews.com.br/