Um homem suspeito de estuprar uma adolescente de 13 anos no bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza, foi preso pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), neste domingo (3). O crime ocorreu na sexta-feira (1). Contra ele foi cumprido um mandado de prisão preventiva representado pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da equipe plantonista da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza, que colheu os indícios que subsidiaram pela apresentação do caso à Justiça.

Após um trabalho realizado pela Assessoria de Inteligência (Asint) e pela Força Tática do 12º Batalhão da Polícia Militar (Caucaia), o homem foi localizado e conduzido à unidade policial. Ele já responde criminalmente por receptação e ameaça. As equipes chegaram ao endereço do homem, na manhã de hoje, mas não o encontraram na propriedade. No entanto, após diligências, os militares o prenderam no Centro de Fortaleza.

Simultaneamente, em razão da repercussão do caso, o 7o Distrito Policial (DP) também recebeu uma denúncia via WhatsApp. Equipes utilizaram o reconhecimento facial da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social com o objetivo de confirmar a identidade do suspeito.

Após ser preso, o homem foi conduzido à sede da DDM. Por não haver flagrante, a Polícia Civil representou pelo mandado de prisão preventiva, que foi deferido pelo Poder Judiciário. O suspeito foi ouvido e agora se encontra à disposição da Justiça. Ele será encaminhado para uma unidade do sistema prisional, onde responderá pelo crime de estupro de vulnerável. A PCCE apura se o homem cometeu outras crimes da mesma natureza. O caso ficará a cargo da Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca).

O crime

O estupro de vulnerável ocorreu na sexta-feira (1), no bairro Antônio Bezerra. Policiais militares que patrulhavam pela região foram acionados por populares, que acolheram a vítima e relataram o crime aos PMs. Conforme oitivas, a adolescente seguia para a casa de um parente quando foi abordada por um homem, que a ameaçou com um gargalo de garrafa. O suspeito levou a jovem até um terreno onde praticou o crime.

Denúncias

A população pode repassar informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-2044, da Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca). O sigilo e o anonimato são garantidos.


Nossa página no Instagram

https://instagram.com/quixeramobim_news?igshid=1ar0nbn5ej0k7

Nossa página no Youtube
https://www.youtube.com/channel/UCWukWdg6Ycj5yHCXSy1GnJg?view_as=subscriber