As empresas deverão manter protocolos sanitários para minimizar riscos de disseminação da doença.

Legenda: Uso de máscaras será obrigatório, segundo o governador Camilo Santana.
Foto: Foto: Natinho Rodrigues

“O tempo da pandemia em cada região tem sido diferente. É obrigatório o uso da máscara e proibido aglomeração. É importante que as pessoas cumpram essas determinações para que a gente possa continuar avançando nas fases de abertura”, destaca Camilo sobre as viagens.

Em 23 de março, o transporte intermunicipal foi um dos primeiros setores paralisados por decisão do primeiro decreto. A preocupação era que, com o início da pandemia em Fortaleza, a doença fosse disseminada para outras cidades do Interior. Contudo, atualmente, a doença já chegou aos 184 municípios cearenses, de acordo com a plataforma IntegraSUS.

Só na Rodoviária de Fortaleza, o número de passageiros chegou a cair 70% entre março e maio, de acordo com a administração do equipamento. Quem precisava se deslocar para o Interior passou a recorrer a aplicativos de transporte ou a caronas de familiares.


Cuidados 

Conforme o Protocolo de Reabertura do Transporte Coletivo Público e Privado, elaborado pelo Governo do Estado, ficaram estabelecidas regras como a disponibilização de álcool em gel 70% aos passageiros e de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) a todos os funcionários.

Além disso, os veículos devem ser desinfectados, no mínimo, três vezes ao dia: uma à noite, outra após o pico da manhã e outra antes do momento de maior demanda da tarde. Os ambientes também devem ser ventilados e manter janelas abertas.

Diário do Nordeste

Nossa página no Facebook
https://www.facebook.com/quixeramobimnews.com.br/

Nossa página no Instagram
https://instagram.com/quixeramobim_news?igshid=1ar0nbn5ej0k7

Nossa página no Youtube
https://www.youtube.com/channel/UCWukWdg6Ycj5yHCXSy1GnJg?view_as=subscriber