Dois dos três criminosos que tombaram no tiroteio com o Raio na noite do domingo.

Dois dos criminosos morreram ainda na Emergência do Hospital de Icó.

Um confronto armado entre policiais militares e criminosos terminou em mortes na noite deste domingo (18) na cidade de Icó (a 375Km de Fortaleza). Os bandidos armados foram cercados por patrulhas do Comando de Policiamento de Rondas Intensivas e Ostensivas (CPRaio), na periferia da cidade, minutos após terem tentado matar um jovem.

O incidente ocorreu por volta das 19h30 na comunidade conhecida como Cidade de Deus. De acordo com a Polícia, os três bandidos armados estavam em duas motocicletas e tinham acabado de balear a vítima, um jovem de 23 anos, que deu entrada no hospital da cidade com um tiro na boca e outro no pescoço.

Denúncias foram feitas por telefone à Polícia Militar indicando onde os atiradores estavam. Uma equipe do CPRaio seguiu para verificar a veracidade da informação. Os policiais chegavam ao local quando se depararam com os três homens em duas motos e ordenaram que eles parassem. Foi neste momento que trio passou a atirar contra os militares e fugir em alta velocidade nas duas motocicletas.

Houve uma perseguição por uma estrada de terra e novo confronto a tiros. Os três foram baleados e encaminhados ao hospital de Icó onde já estava o rapaz baleado por eles.

Mortos

Dois dos criminosos morreram ao dar entrada no Hospital de Icó. O terceiro faleceu quando a caminho do Hospital Regional de Juazeiro do Norte.

Os três foram identificados como n Carlos Henrique Oliveira Andrade de Sousa, 21 anos, natural de São Paulo e que respondia por crimes de lesão corporal, roubo de veículo, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Os outros dois eram Klewerton Muniz da Cruz, 18 anos; e Nícolas Correia Coelho, 20, que não tinham antecedentes criminais.

Com informações Fernando Ribeiro

Nos acompanhe pelo o Instagram

https://instagram.com/quixeramobim_news?utm_source=ig_profile_share&igshid=pjuhc4khqvfh

Curta nossa página no Facebook

https://www.facebook.com/quixeramobimnews.com.br/